Queda de Cabelo tem Causas Diversas e Pode ser Evitada

O maior medo de muita gente é perder os cabelos. Para evitar isso, ou amenizar os efeitos da queda de cabelo quando inevitável, há tratamentos eficazes no mercado

Muitas são as pessoas que associam o cabelo com grande parte da autoestima, se não com toda ela. Sendo assim, quando o problema da queda de cabelo começa a surgir, muita gente perde a confiança ou cai em tristeza, pois se sentem incomodadas com a aparência dos cabelos mais ralos. Muitos são os conselhos recebidos das pessoas próximas que querem ajudar, mas o melhor a se fazer antes de buscar soluções é entender melhor o problema, para combatê-lo com rapidez e de forma mais eficiente.

Perder os cabelos diariamente é considerado normal quando em quantidade de 50 a 100 fios, principalmente na hora de pentear os cabelos, dizem especialistas. Quando o volume dessa média aumenta, e nota-se inclusive falhas no couro cabeludo, é que a situação passa a ser preocupante.

A queda de cabelo tem causas distintas, e pode ter motivações internas do corpo ou por influências externas, que afetam tanto a homens quanto mulheres. Nos homens a causa mais comum é a alopecia androgenética, motivada pela ação da testosterona que atrofia o folículo. Já nas mulheres, é muito comum que a queda seja causada por alterações hormonais muito intensas, como na gravidez ou menopausa. Mas podem haver outras causas além dessas para ambos os gêneros.

Doenças na tireoide, na pele, infecciosas ou autoimunes, deficiência de ferro e depressão são exemplos de problemas de saúde que causam queda de cabelo, além de desregulação hormonal. Já entre os fatores externos estão estresse físico ou emocional, episódios traumáticos e influência do ambiente externo, por exemplo quando há muita poluição, ou também por uso de produtos que acabam por agredir o couro cabeludo.


>> Combata a Queda de Cabelo Com o Novo E-book: Queda de Cabelo Tem Solução.


Há também uma causa muito comum e mais fácil de identificar: a predisposição genética, que pode ser adquirida tanto do pai quanto da mãe. Cada caso é um caso e deve ser bem avaliado para uma identificação mais detalhada, que contribuirá para encontrar o melhor tratamento. Os casos mais internos podem ser tratados com medicações específicas ou suplementação vitamínica para compensar faltas ligadas ao problema da queda de cabelo.

Já quando a queda está ligada à causas externas, é importante procurar manter os cabelos saudáveis, evitando químicas e mantendo-os limpos e hidratados. É interessante também atenção aos produtos que se usa para limpeza, e principalmente com a quantidade utilizada, pois o excesso de xampus e cremes pode gerar seborreia e influenciar na queda dos fios.

Mas como acabar com a queda de cabelo?

Em certos casos, como o genético, é impossível acabar definitivamente com a queda. Ainda não foi descoberta uma "cura" definitiva, mas há tratamentos tópicos para a queda de cabelo, com loções e produtos que ajudam a estabilizar o equilíbrio dos fios e estimulam os folículos capilares, mantendo o cabelo com a queda normalizada por um período de tempo, que varia de pessoa para pessoa. Produtos como shampoos antiqueda, as loções antiqueda como o minoxidil das marcas Kirkland e Rogaine, e as loções Spectral DNC-N e Spectral RS da DS Laboratories, estão entre as marcas/produtos mais eficazes para combater a queda de cabelo.

Ao surgirem os primeiros sintomas de queda de cabelo, é interessante procurar um dermatologista antes de começar a se preocupar, até porque preocupação pode gerar estresse e fazer cair mais cabelos.


Assista ao vídeo sobre queda de cabelo


Encontre aqui Produtos Contra Queda de Cabelo:

Duran Deals - Loja Virtual
Compre Produtos Antiqueda 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X